fundo parallax

5 BANDAS / ARTISTAS #5 (07/18)

 

A série 5 Bandas/Artistas é uma forma de apresentar ao público alguns grupos nacionais que foram considerados dignos de nota pela edição do Road To Cydonia.

Misturando estilos e sonoridades, a lista tem como intuito a difusão de tais grupos de forma econômica e direta, assim como incentivar a troca de informações sobre talentos que têm dado as caras no nos últimos tempos. Sem mais delongas, vamos à quinta edição:

fundo parallax

RABUJAH (ES)

Uma das figuras mais divertidamente interessantes a saírem da fantástica cena capixaba atual, o cantor e compositor Juliano Rabujah tem duas grandes armas em seu arsenal: uma postura despojada que se manifesta através do desapego de amarras estilísticas e um vozeirão titânico.


Na ativa há alguns anos com uma sonoridade mista (que funde MPB, Pop Rock, Eletrônico e elementos de Blues) e com um apanhado de registros que incluem dois discos (o ótimo O Que Meu Samba Tem e Cozinha Americana, Quarto e Sala), o músico cachoeirense tem rodado a região Sudeste e construído sua trajetória em meio a exploração de diferentes nuances de sua musicalidade e parcerias com diversos artistas e projetos emergentes (como o Aurora Gordon). Recomendado para todos aqueles que desejam conhecer uma figura irreverente e eclética que serve como uma boa alternativa à repetição vista na MPB contemporânea.



LINK OFICIAL DISCO RECOMENDADO
fundo parallax

CAMARILO (ES)

O Camarilo é um grupo cujo trabalho se revela difícil de definir no primeiro momento (quiçá, no segundo também). Dono de uma sonoridade minimalista e introspectiva, o grupo capixaba foge de convenções estilísticas e referências fáceis (o mais próximo que consigo chegar seria uma mistura de Tom Waits, Beck e Radiohead da fase Moon Shaped Pool), incumbindo ao ouvinte a tarefa de criar sua própria imagem mental através de suas letras poéticas e composições que mesclam guitarras distorcidas, pianos discretos e efeitos que servem ao propósito de criar canções emocionalmente carregadas e repletas de um clima solene.


Contando com dois ótimos EPs no currículo e tendo a voz poderosa de Paulo Fagundes como força-motriz, o trio é o (raro) tipo de conjunto que soa instantaneamente autêntico. Discreto e contundente por definição, o Camarilo é um grupo que vale a pena ser conferido por conta de sua mistura fina de elegância, bom-gosto e maturidade, podendo ser considerado um dos melhores exemplares de rock alternativo a saírem do circuito capixaba nos últimos anos. Recomendado para todos aqueles que curtem um som marcante e que não tem medo de tirar suas próprias conclusões.



LINK OFICIAL DISCO RECOMENDADO
fundo parallax

BIG BAT BLUES BAND (ES)

Na ativa há 25 anos, o grupo capixaba Big Bat Blues Band é um daqueles grupos admiráveis não apenas pela qualidade sonora, mas também por sua longevidade e paixão. Liderados por Eugênio Goulart, o grupo cria um Blues Rock denso e versátil que tem como influência os principais nomes do gênero (como Muddy Waters, Rolling Stones, John Lee Hooker, entre tantos outros) e tem como arma principal a mistura de arranjos elaborados e elegantes com a base de guitarras liderada por Cláudio França.


Com três discos no currículo (incluindo o ótimo #3) e presença marcante na cena regional, a BBBB é o tipo de banda que realiza um som honesto e apurado que merece ser melhor conhecida pelo público. Obrigatória para todos aqueles que curtem um bom som e, especialmente, um blues honestíssimo e feito com finesse.



LINK OFICIAL DISCO RECOMENDADO
fundo parallax

LUCAS ARRUDA (ES)

Uma das figuras mais prolíficas e carismáticas em atividade no universo musical do Espírito Santo, Lucas Arruda automaticamente se destaca dentre seus pares por conta de duas qualidades que reverberam de forma incontestável em sua sonoridade: uma versatilidade aparentemente ilimitada e um bom-gosto invejável. Desenvolvendo uma mistura multifacetada de Soul, Funk, Eletrônico, Samba e o que mais couber dentro de seu leque variado de composições (que abarca uma parcela substancial de faixas instrumentais), o multi-instrumentista transita entre distintas paisagens sonoras com consistência, energia e paixão, esbanjando elegância no processo.


Tendo dois álbuns (os excelentes Sambadi e Solar) e um EP (To The Masters Vol. 1) em seu currículo e um fan base que gradativamente cresce em número e admiração, Arruda é um artista completo e repleto de nuances que não apenas se revela digno de estudo pela qualidade de seu som como ainda tem o potencial para alcançar lugares relativamente pouco explorados no atual panorama musical brasileiro. Indicação obrigatória.



LINK OFICIAL DISCO RECOMENDADO
fundo parallax

ELTON PINHEIRO (ES)

Misturando Música, Literatura e Artes Visuais num currículo conciso, mas inegavelmente expressivo, o multidisciplinar Elton Pinheiro desenvolve um trabalho incrivelmente rico e multifacetado que pode ser caracterizado como um cruzamento altamente improvável entre Caetano, Lenine, Wilco e Radiohead. Dono de uma sonoridade que mistura MPB, experimentalismo e pinceladas de pop em meio a ritmos brasileiros, o cantor e compositor tem uma carreira discreta e compassada que vem se desenrolando paralelamente às suas diversas atividades acadêmicas e tem crescido em termos de visibilidade e renome, merecendo cair no radar do grande público urgentemente.

Empregando sua voz suave, seus dotes no violão e seu vasto aporte discursivo para mascarar camadas espessas de complexidade lírica e harmônica num pacote altamente deglutível, Pinheiro é uma figura genial e de sensibilidade ímpar que se mostra altamente consistente em sua entrega polivalente (basta observar seus quadros e seu livro, o belíssimo Orações com Vícios de Linguagem) e também figura como autor de um dos melhores discos brasileiros dos anos 2010 (o estarrecedor Lavrador). Obrigatório para todos que desejam conhecer um som maduro e de qualidade insuspeita.



LINK OFICIAL DISCO RECOMENDADO
 

Dúvidas? Sugestões? Reclamações? Entre em contato enviando um email para roadtocydonia@gmail.com ou mande uma mensagem diretamente na página oficial do site no Facebook. Conheça os outros conteúdos do site na página inicial e até a próxima edição.

Guilherme Guio
Guilherme Guio
Publicitário, especialista em Comunicação Corporativa e Inteligência de Mercado, é o editor e redator principal do RTC. Atuando como consultor de Marketing Cultural na produtora cultural SERENA (da qual é sócio), resolveu dar vazão aos seus arroubos verborrágicos através deste projeto. Também é tabagista compulsivo, cinéfilo inveterado, adepto de audiófilo e dançarino amador vergonhoso nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.